quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

COMO MONTAR UMA TÁBUA DE QUEIJOS PARA O NATAL

Uma ótima sugestão para você, que assim como eu, ama queijos é montar uma tábua de queijos para o natal. Recebi da marca Regina, algumas dicas dos itens que devem ser levados em consideração na hora do preparo.



Um dos pontos principais para agradar aos convidados é oferecer diferentes sabores de queijos. O ideal é que seja de 3 a 7 tipos, mesclados entre sabores fortes e suaves. 


Separar a quantidade ideal para cada pessoa é essencial. Cada uma consome, em média, 150g de queijo. Apesar dessa estimativa, é sempre bom preparar um pouco a mais para não correr o risco de faltar. Sabe aquela velha história de que é melhor sobrar, do que faltar? É isso.

Os queijos devem ser retirados da geladeira 45 minutos antes de serem servidos para que adquiram sua textura e sabor original. O frio serve apenas para conservá-los. Não vai esquecer os queijos na geladeira, viu miga? 

Na hora de organizar, coloque os queijinhos deliciosos em recipientes separados para que não haja influência de gosto entre eles. Uma dica é colocá-los em ordem de intensidade de sabor, sendo do mais suave ao mais forte. Mas você pode organizar como achar melhor, ta? Não se prenda a isso. 

Para os acompanhamentos, opte por pães do tipo italiano, castanhas, azeitonas, geleias, mel e frutas como damasco e uvas. Quem não ama um queijinho com azeitona? Ou com geleia no pão italiano? Eu adoro.



Para os queijos, as melhores indicações são:

Brie – Apresenta textura macia e sabor suave com leve gosto de nozes. Recomenda-se consumir com vinhos tintos suaves e frutados, pão tipo baguete e geleias;

Gorgonzola - Integrante da família de queijos de mofo azul, possui massa cremosa e sabor agradável e intenso. Combina com pão italiano e vinho tinto encorpado e Vinho do Porto;

Gouda – Sabor suave, ligeiramente adocicado, muitas olhaduras, textura macia e casca fina. Combina com azeitonas, vinho tinto e cervejas Pilsen, Pale Ale e Strong Golden Ale;

Gruyère - Textura semi-dura e plena de olhaduras. Seu sabor suave e adocicado lembra o gosto de leite maltado e aroma de amêndoa. Exige um vinho branco frutado para acompanhar;

Prato – Com sabor suave, amendoado e aveludado, é indicado para ser consumido junto com vinho tinto suave;

Provolone - Pelo seu sabor pronunciado e defumado, deve ser servido com vinhos tintos encorpados. É um queijo de massa mais dura;

Reino - De sabor forte e picante, esse tipo de queijo pede um vinho tinto encorpado. Também combina com cervejas.

Eu sou suspeita pra falar, porque amo queijos e acho as dicas super válidas na hora de montar uma mesa que agrade a todos os gostos. Você também gosta? Qual seu queijo favorito? Me conta nos comentários.

0 Comentários:

Postar um comentário